Turista chinês morre depois de assalto no Rio

O turista chinês, naturalizado australiano, Hoi Ming Mak, de 59 anos, morreu de traumatismo craniano ontem após um assalto dentro de um ônibus no Rio. No momento do assalto, o ônibus passava pela Avenida Presidente Antônio Carlos, no centro da cidade. O turista caiu e bateu com a cabeça no chão do ônibus após ser empurrado pelos assaltantes, que levaram apenas um binóculo. Mak chegou a ser socorrido por um taxista, que o levou para o Hospital Souza Aguiar, no centro, mas não resistiu. Hoi Ming Mak e a mulher, Karen Tsao Mak, de 52 anos, estavam hospedados em um hotel, em Copacabana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.