Turista é morto em assalto na Praia Grande, litoral sul de SP

Comerciante teria reagido a tentativa de roubo enquanto caminhava pela orla junto com a esposa

Agência Estado

24 de dezembro de 2009 | 10h55

O comerciante Januário Lourenço foi morto a tiros ao reagir a um roubo na noite deesta quarta, 23, em Praia Grande, litoral sul de São Paulo. Ele caminhava com a esposa pela orla, na Vila Guilhermina quando foi surpreendido por dois criminosos. Depois de atirarem os bandidos fugiram sem levar nada. A Polícia Civil pretende solicitar à prefeitura imagens das câmeras de segurança instaladas pela via na tentativa de identificar os autores do crime.

 

Segundo a polícia, o comerciante, que trabalha em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, reagiu ao assalto e avançou em um dos criminosos. Para livrar o comparsa, o outro ladrão atirou e atingiu Lourenço. Os suspeitos teriam fugido em uma bicicleta de alumínio. O comerciante, de 55 anos, foi levado ao Pronto-Socorro Central de Praia Grande, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Muito abalada, a mulher da vítima, Lourdes de Fátima Klaic Lourenço, de 43 anos, não conseguiu descrever os criminosos. Conforme a polícia, até o final da madrugada de hoje nenhum suspeito havia sido preso. O homicídio foi registrado na Delegacia de Polícia da Praia Grande.

Tudo o que sabemos sobre:
violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.