Turista é morto por assaltantes em Peruíbe

A Polícia de Peruíbe está em busca dos assaltantes que mataram na noite de sábado o turista Valter Lopes, de 59 anos, que estava hospedado junto com familiares e amigos em uma casa de veraneio, situada na Rua das Camélias, no Parque Turístico. O aposentado, que era procedente do município de Tatuí, foi pego de surpresa, quando quatro homens invadiram a residência para roubar. Lopes teria reagido à ordem dos assaltantes, que levaram R$ 500,00 em dinheiro, além de outros pertences das vítimas, que acabavam de chegar da praia. O aposentado pretendia passar o Carnaval em Peruíbe e só retornar à sua cidade na Quarta-Feira de Cinzas. Ele veio com a namorada Cleusa Aparecida dos Santos, de 46 anos, o sobrinho Kleber Augusto Lopes e um amigo, Vanderlei Dorighelo, residente em Boituva. De acordo com relato feito na delegacia, o assalto ocorreu por volta das 20 horas, no momento em que as vítimas tomavam banho, depois de chegar da praia. O grupo foi rendido pelos marginais, que estavam armados de facas e revólveres e, após cometer o latrocínio (roubo seguido de morte), fugiram a pé. Só Lopes foi baleado, ao tentar reagir. Uma das balas atingiu as costas do aposentado, que foi levado ao Pronto-Socorro local, mas não resistiu aos ferimentos. Até ontem, a equipe de investigadores da delegacia de Peruíbe checava informações, a fim de localizar os assaltantes. Além dos quatro marginais que invadiram a casa, havia um homem fora da residência, que estaria dando proteção aos assaltantes.

Agencia Estado,

27 Fevereiro 2006 | 18h15

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.