Turista espanhol é baleado ao reagir a assalto no Rio

O turista espanhol Juan Carlos Ronceiro, de 34 anos, teve morte cerebral depois de ser baleado na nuca ao reagir a um assalto no Aterro do Flamengo, zona sul do Rio. O crime aconteceu uma semana depois que a turista japonesa Yoshiko Migoshi, de 61 anos, foi esfaqueada por assaltantes e atropelada ao tentar fugir dos criminosos. E em meio também à operação da Secretaria de Segurança Pública do RJ para prender assaltantes nas zona sul e centro.Ronceiro passeava com a mulher, brasileira, e um casal de amigos alemães no Aterro do Flamengo, no fim da tarde desta sexta. Ele estava próximo ao Museu Carmen Miranda, quando foi abordado por três rapazes - dois usavam uniforme de escola pública e outro estava de bicicleta. Eles tentaram levar a máquina fotográfica do espanhol, que os impediu. Os criminosos, então, fizeram dois disparos. Um tiro atingiu a nuca de Ronceiro.O espanhol foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, onde teve de ser reanimado pelos médicos na Sala de Ressuscitação. Ele foi internado na Unidade de Terapia Intensiva, em coma profundo, respirando por aparelhos. No início da noite, os médicos constataram a morte cerebral.Crise - O aumento da violência contra turistas estrangeiros provocou uma crise na Secretaria de Segurança Pública do Rio. Após o fim de semana prolongado pelo feriado do Dia da Proclamação da República, o secretário Marcelo Itagiba convocou policiais para uma reunião. No encontro, estabeleceu diretrizes para o comportamento das polícias nas áreas turísticas.No encontro, Itagiba determinou que os policiais precisam ser "mais pró-ativos". Com isso, o secretário quis dizer que eles deveriam agir antes dos criminosos praticarem delitos, abordando suspeitos e identificando-os.Menores de idade são apontados como responsáveis pela maioria dos casos de violência dessa natureza. De quarta-feira até hoje, a Polícia Militar já recolheu cerca de 200 menores nas ruas do Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.