Turista israelense deixa o País após ser assaltado em BH

Menos de 24 horas depois de ter sido assaltado, no bairro Funcionários, região nobre de Belo Horizonte, o israelense naturalizado norte-americano Levi Shabatai, de 64 anos, embarcou na manhã desta sexta-feira, 27, de volta para os Estados Unidos. O turista estava há três dias no País.Por volta do meio-dia de quinta, 26, foi abordado por um policial civil e por um ex-carcereiro, que lhe roubaram US$ 9,7 mil (cerca de R$ 21 mil) quando saía do escritório de um amigo. Pessoas que passavam pelo local chamaram à polícia que conseguiu prender os assaltantes e recuperar o dinheiro.No depoimento à polícia, Shabatai disse que havia saído do escritório de um amigo para ir ao banco trocar dólares, quando foi surpreendido por dois homens desarmados. Os sujeitos teriam se identificado como policiais, mostrando, inclusive, a carteira da corporação.Sem entender o que estava acontecendo, o turista tentou seguir pela calçada, quando foi seguro e algemado nas grades de um prédio. Shabatai permaneceu por mais de dez minutos algemado às grades, enquanto testemunhas e policiais militares corriam atrás dos assaltantes.Conforme informações da Polícia Militar, o detetive Kennedy Mendes da Silva é condenado por tráfico de drogas e o ex-carcereiro Josias Manoel Delfino também tem uma condenação na Justiça por homicídio. Em depoimento na 11ª Delegacia, Silva e Delfino negaram o crime. Os dois foram autuados em flagrante por roubo.A Polícia Civil informou que a Corregedoria de Polícia está apurando por que os dois não estão cumprindo pena em regime fechado, já que são condenados da Justiça. "Ainda não sei porque eles estão soltos. Foi aberta uma apuração para sabermos o que aconteceu", disse o corregedor geral da Polícia Civil de Minas Gerais, José Judson da Silva.O delegado Paulo Roberto Mayrinques, responsável pela delegacia de Vespasiano, onde os dois assaltantes deveriam estar presos, foi exonerado. No seu lugar, assumiu o delegado Elias Oscar de Oliveira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.