Turista italiano é preso acusado de aliciar menor em Natal

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte anunciou na manhã desta sexta-feira a prisão do italiano Giuseppe Babbini, efetuada na tarde desta quinta-feira. Babbini foi preso na Praia de Ponta Negra, a mais badalada da capital potiguar, acusado de aliciar uma menor de 10 anos de idade, residente na Vila de Ponta Negra, região de baixa renda da cidade. A criança disse aos policiais que tratava-se de um amigo que conheceu ali na praia. O italiano pagou um lanche, um prato à base de ostras para a menor e prometeu dar-lhe um colar. Segundo a delegada da Criança e do Adolescente, Adriana Shirley, o turista chegou a Natal no dia 3 e estava com viagem marcada para Salvador nesta sexta-feira. Babbini é natural da região de Santa Sofia, na Itália. "Ele estava só de calção à beira-mar e com a menor deitada em uma cadeira tipo espreguiçadeira. A garota alisava as coxas do rapaz que retribuía as carícias, como um típico casal de namorados", destacou Adriana. Para azar do italiano, uma policial feminina observou a situação e, após constatar o abuso, efetuou a prisão do turista. O italiano, que visita o Brasil pela segunda vez, pode pegar pena de reclusão que varia entre 4 e 10 anos. Ele veio ao País, acompanhado por um amigo, que também arranjou uma namorada natalense, de 19 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.