Turista morre em Foz do Iguaçu após ser assaltada

Uma parada para fotografias na Ponte da Fraternidade, em Foz do Iguaçu (PR), na fronteira com a Argentina, provocou a morte de Vânia Cândido Cutolo, de 40 anos. Moradora de Indaiatuba, no interior paulista, a mulher foi assassinada ontem, quando o carro em que ela, o marido e dois filhos viajavam foi abordado por três rapazes, que queriam a câmera digital da família. Mesmo sem reagir ao assalto, entregando a máquina, o adolescente G.R.F. disparou contra ela. Vânia foi internada, mas morreu logo depois. A polícia prendeu em flagrante dois dos três criminosos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.