Turista português é morto em Fortaleza

O turista português Alexandre de Souto Almeida, de 28 anos, morreu atingido por tiros disparados por um ocupante de um carro cujas características a polícia cearense não divulgou para não atrapalhar o andamento das investigações. O crime aconteceu às 2 horas da madrugada desta segunda-feira, na Rua Almirante Jaceguai, Praia de Iracema. A cearense Patrícia Freire Vasconcelos, de 22 anos, foi atingida no pescoço. Ela encontra-se internada no Instituto Dr. José Frota (IJF), em estado grave.Tradicional ponto de encontro da boemia de Fortaleza, o bairro reúne um conglomerado de boates que circundam o Centro Cultural Dragão do Mar. De acordo com o Superintendente da Polícia Civil do Ceará, Jaime Pessoa, não houve discussão. Ele também assegura que homicidas e vítimas sequer se conheciam.Segundo a polícia apurou, um carro - ocupado por dois homens - encostou na traseira de um outro estacionado em frente à boate Órbita. Um rapaz que estava na calçada chegou a chamar a atenção do motorista. "Mas não houve discussão. O carro seguiu e, cerca de 50 metros adiante, uma pessoa que ocupava o banco do passageiro desceu e atirou a esmo contra um grupo de mais de uma centena de pessoas que estava na calçada e no meio da rua", disse Jaime Pessoa. Os assassinos fugiram. As únicas pistas, até agora, são as três letras e os dois primeiros números da placa do carro ocupado por eles.O português Alexandre Souto Almeida chegou a ser socorrido, mas morreu antes de receber atendimento médico. Ele era corretor de imóveis e morava na cidade do Porto, em Portugal. Ele costumava vir com freqüência a Fortaleza, onde tinha um filho com uma cearense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.