Turista suíço reage a assalto e é morto no Rio

O turista suíço Seematter Thomas, de 40 anos, foi morto a tiros depois de reagir a um assalto na tarde de desta quinta-feira, na Tijuca, zona norte da cidade. Ele havia parado numa barraca de venda de comidas, na entrada da Favela do Borel, quando foi abordado por adolescentes, que tentavam levar sua carteira. O suíço reagiu e acabou baleado no peito.Thomas e o amigo, o também suíço Niklaus Haug, de 41 anos, acabavam de voltar de uma visita ao Parque Nacional da Tijuca, num Palio Weekend alugado, e pararam na entrada da favela para comer um churrasco no espeto. A delegada titular da Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat), Elizabeth Cayres, disse que os suíços haviam se "encantado" com o movimento dos moradores da favela em torno da barraca de comidas. "Uma pessoa que vive onze meses no frio, quando vê aquela cena de pessoas em volta de uma barraquinha, acha que aquilo é festa. Só que ele estava na subida do Morro do Borel", disse Elizabeth.Enquanto o churrasquinho ficava pronto, dois adolescentes armados com uma pistola abordaram os turistas. Um deles tentou levar uma pequena bolsa que Thomas carregava. O suíço reagiu e um dos garotos atirou contra ele. Haug nada sofreu. Os adolescentes fugiram a pé. Eles não roubaram a carteira.Thomas foi levado ainda com vida para o Hospital da Ordem 3ª da Penitência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu às 19h30. Os turistas estavam hospedados no Ocean Copacabana Hotel.O vice-cônsul da Suíça, Grabiel Torrent, lamentou a morte do turista. "Esperamos que não seja mais um caso de violência que fique impune no Rio", disse Torrent. "Após este trágico acontecimento, o Consulado Geral espera que os esforços para combater a violência no Rio de Janeiro continuem", diz um trecho da nota divulgada pelo vice-cônsul.A Associação Rio Contra o Crime ofereceu recompensa de até R$ 5 mil por informações ao Disque-Denúncia que levem à identificação e prisão do assassino do turista suíço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.