Turistas devem ficar atentos às condições das praias

Apesar do clima chuvoso e das baixas temperaturas, com máximas em torno dos 25 graus, os turistas que quiserem aproveitar o feriado prolongado do dia 1º de Maio no litoral paulista ou carioca devem estar atentos às condições de banho das praias da região. Na Baixada Santista, as praias Milionários, Itarará Posto 2 e Gonzaguinha, em São Vicente, foram consideradas impróprias para o banho. Em Santos, todas as praias apresentaram quantidades de coliformes fecais acima do aceitável. No Guarujá, a praia de Perequê deve ser evitada, e em Bertioga, o banho não é recomendado nas praias de Enseada-Vista Linda e Enseada-Indaiá. No Litoral Norte, as praias com índices de coliformes fecais acima do aceitável e que devem ser evitadas são as de Armação e Pinto, em Ilhabela, e Tabatinga-Rio Tabatinga, em Caraguatatuba. Todas as demais praias do Litoral Sul, Norte e Baixada Santista estão próprias para banho, de acordo com avaliação feita entre os dias 18 de março e 15 de abril pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), agência do Governo de São Paulo. Baixada fluminense No Rio de Janeiro, as praias da Ilha do Governador, Ramos, Flamengo, Botafogo, Urca, Pepino e São Conrado foram consideradas impróprias para o banho. Na Barra da Tijuca, a Praia dos Amores, entre o quebra-mar e o Pepê, também está imprópria. As demais praias estão liberadas, mas o banho deve ser evitado nas 24 horas seguintes às chuvas e os turistas devem estar atentos a mudanças na cor das águas. Na praia de Barra de Guaratiba, o banhista precisa ter ainda mais atenção e evitar locais com línguas negras. A avaliação das condições de balneabilidade das praias cariocas foi feita entre os dias 25 e 27 de abril pela Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema), órgão da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano do Rio de Janeiro.

Agencia Estado,

28 Abril 2007 | 15h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.