reprodução Google Street View
reprodução Google Street View

Turistas suíços são atacados a tiros na zona norte do Rio

Casal foi socorrido ao Hospital Estadual Getúlio Vargas. Michele Ângelo Galli foi baleado com um tiro no peito; sua namorada, Rigazzone Miranda Piai, apresentava escoriações

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

30 de dezembro de 2019 | 10h47

Um turista suíço foi baleado no fim da tarde de domingo, 29, e sua namorada - também suíça - sofreu escoriações após uma tentativa de assalto na Cidade Alta, zona norte do Rio. Os dois foram encaminhados a um hospital da região. O estado de saúde dele é considerado grave.

Segundo informações da Polícia Militar, agentes da UPP Vila Cruzeiro que se deslocavam pela Avenida Brasil, na altura de Parada de Lucas, foram informados que havia pessoas feridas na pista lateral da via. Eles encontraram o suíço Michele Ângelo Galli baleado com um tiro no peito. Sua namorada, Rigazzone Miranda Piai, apresentava escoriações.

Ainda segundo a PM, os dois foram socorridos ao Hospital Estadual Getúlio Vargas. Na manhã desta segunda, 30, o hospital informou que Galli estava em estado grave, e que Rigazzone recebera alta ainda no domingo.

Agentes do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) foram ao Getúlio Vargas para auxiliar os turistas. O caso está sendo investigado pela 38ª DP. Na manhã desta segunda, a Polícia Militar realiza operação na Cidade Alta para tentar encontrar os responsáveis pelo crime.  

 

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de Janeiro [cidade RJ]assalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.