TV digital na Baixada Santista

Em abril, comprei um receptor de TV digital AOC da TV Tribuna, filiada da TV Globo, e única que faz transmissão digital na Baixada Santista. Mas onde trabalho não há sinal. Em junho, enviei uma queixa e um técnico respondeu por e-mail ser possível haver locais sem cobertura. Ele pediu o endereço para que fosse feita análise no local. Mas não é isso que é dito na propaganda da TV Tribuna; não se menciona em momento algum que o sinal não é captado em todos os locais de Santos! Depois dessa resposta, entrei de novo em contato com a empresa e ninguém me respondeu.AUGUSTO LUIZ O. DA COSTASantosO gerente de Operações da TV Tribuna, José Meneses dos Santos, diz que uma equipe técnica fez testes e medições em frente ao local citado pelo leitor e dois aparelhos receptores comuns (um para laptop e outro para televisão portátil) receberam o sinal, portanto, a queixa não procede. Diz que o aparelho receptor deve estar adequadamente instalado para receber o sinal. Recomenda ao leitor que chame um profissional técnico de sua confiança para corrigir eventuais deficiências. E que é inverídica a alegação do leitor de que a TV Tribuna faz propaganda enganosa quanto aos limites de cobertura do sinal digital na Baixada Santista.O leitor diz: Fiz um teste na minha residência (outro bairro) e consegui sintonizar normalmente a TV Tribuna digital com os mesmos aparelhos. Isso demonstra que a resposta não condiz com a verdade. É absurda a sugestão para eu contratar um técnico. A empresa não entrou em contato comigo.Estacionamento na rua O anúncio de proibição de estacionamento dos dois lados das ruas da cidade, se for sério, é descabido. A Prefeitura, em muitas administrações, tem-se omitido em incluir em sua legislação que cada edifício (residencial ou comercial) mantenha um determinado número de vagas para visitantes, bem como que bares e restaurantes garantam vagas de estacionamento regulamentadas. Senhor prefeito, antes de proibir, crie condições para que a legislação seja cumprida.EDISON ROBERTO MORAISSão PauloProblema no ?sistema?Consegui descobrir uma empresa pior do que a Telefônica: a Comgás. Estou tentando o religamento do gás num apartamento recém-adquirido e simplesmente não consigo. O antigo proprietário pediu o desligamento e a Comgás não só desligou, como retirou o medidor. O problema é que ligo para a empresa e consta no sistema que o gás está ligado! Estou morando no apartamento desde meados de julho, tomando banho frio. Também não consigo mudar a titularidade do antigo endereço nem do atual. Isso eu já desisti, depois de vários telefonemas em vão. Tenho uma coleção de protocolos. Os funcionários me dizem para esperar a regularização do sistema. É um absurdo ficar impotente diante de uma empresa incompetente e monopolista, já que onde há canalização de gás não se pode ter botijão. EDVALDO DA SILVA ALVESSão PauloA Comgás não respondeu.O leitor informou que o problema foi solucionado em 30 de julho.Barulho na madrugadaHá três meses uma obra na Avenida dos Maracatins com a Avenida Jandira, em Moema, desrespeita a Lei do Silêncio. Tratores, carregamentos de materiais e caminhões fazem imenso barulho durante a madrugada. Os moradores da região têm de apelar para a polícia, porque, ao telefonar para a Prefeitura, são informados de que o órgão responsável pela fiscalização é a Subprefeitura da Vila Mariana, que até hoje não tomou providência alguma.DÉBORA DE LUCASão PauloA Secretaria de Coordenação das Subprefeituras não respondeu. Direitos de algunsÉ com tristeza que li no jornal de sexta-feira (21/8) que a Advocacia-Geral da União (AGU) disse que a lei antifumo é inconstitucional. Gostaria de pedir a esse órgão que se preocupe com assuntos mais importantes, porque essa lei é benéfica a todos. Vocês podem dizer: "E o direito dos fumantes?" Ora, e o direito dos não-fumantes? Os fumantes defendem o direito de fumar onde bem entenderem e depois vêm exigir do poder público remédios e tratamentos, além de quererem processar a indústria do tabaco por uma decisão que eles mesmos tomaram, pois todos sabem que cigarro vicia. Parabéns ao governo paulista por mais essa atitude! AGU, gaste energia e dinheiro onde realmente é preciso!MIRTES Y. WATANABESão Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.