TV digital na Baixada Santista

Em abril, comprei um receptor de TV digital AOC da TV Tribuna, filiada da TV Globo, e única que faz transmissão digital na Baixada Santista. Mas onde trabalho não há sinal. Em junho, enviei uma queixa e um técnico respondeu por e-mail ser possível haver locais sem cobertura. Ele pediu o endereço para que fosse feita análise no local. Mas não é isso que é dito na propaganda da TV Tribuna; não se menciona em momento algum que o sinal não é captado em todos os locais de Santos! Depois dessa resposta, entrei de novo em contato com a empresa e ninguém me respondeu. AUGUSTO LUIZ O. DA COSTA Santos O gerente de Operações da TV Tribuna, José Meneses dos Santos, diz que uma equipe técnica fez testes e medições em frente ao local citado pelo leitor e dois aparelhos receptores comuns (um para laptop e outro para televisão portátil) receberam o sinal, portanto, a queixa não procede. Diz que o aparelho receptor deve estar adequadamente instalado para receber o sinal. Recomenda ao leitor que chame um profissional técnico de sua confiança para corrigir eventuais deficiências. E que é inverídica a alegação do leitor de que a TV Tribuna faz propaganda enganosa quanto aos limites de cobertura do sinal digital na Baixada Santista. O leitor diz: Fiz um teste na minha residência (outro bairro) e consegui sintonizar normalmente a TV Tribuna digital com os mesmos aparelhos. Isso demonstra que a resposta não condiz com a verdade. É absurda a sugestão para eu contratar um técnico. A empresa não entrou em contato comigo. Estacionamento na rua O anúncio de proibição de estacionamento dos dois lados das ruas da cidade, se for sério, é descabido. A Prefeitura, em muitas administrações, tem-se omitido em incluir em sua legislação que cada edifício (residencial ou comercial) mantenha um determinado número de vagas para visitantes, bem como que bares e restaurantes garantam vagas de estacionamento regulamentadas. Senhor prefeito, antes de proibir, crie condições para que a legislação seja cumprida. EDISON ROBERTO MORAIS São Paulo Problema no ?sistema? Consegui descobrir uma empresa pior do que a Telefônica: a Comgás. Estou tentando o religamento do gás num apartamento recém-adquirido e simplesmente não consigo. O antigo proprietário pediu o desligamento e a Comgás não só desligou, como retirou o medidor. O problema é que ligo para a empresa e consta no sistema que o gás está ligado! Estou morando no apartamento desde meados de julho, tomando banho frio. Também não consigo mudar a titularidade do antigo endereço nem do atual. Isso eu já desisti, depois de vários telefonemas em vão. Tenho uma coleção de protocolos. Os funcionários me dizem para esperar a regularização do sistema. É um absurdo ficar impotente diante de uma empresa incompetente e monopolista, já que onde há canalização de gás não se pode ter botijão. EDVALDO DA SILVA ALVES São Paulo A Comgás não respondeu. O leitor informou que o problema foi solucionado em 30 de julho. Barulho na madrugada Há três meses uma obra na Avenida dos Maracatins com a Avenida Jandira, em Moema, desrespeita a Lei do Silêncio. Tratores, carregamentos de materiais e caminhões fazem imenso barulho durante a madrugada. Os moradores da região têm de apelar para a polícia, porque, ao telefonar para a Prefeitura, são informados de que o órgão responsável pela fiscalização é a Subprefeitura da Vila Mariana, que até hoje não tomou providência alguma. DÉBORA DE LUCA São Paulo A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras não respondeu. Direitos de alguns É com tristeza que li no jornal de sexta-feira (21/8) que a Advocacia-Geral da União (AGU) disse que a lei antifumo é inconstitucional. Gostaria de pedir a esse órgão que se preocupe com assuntos mais importantes, porque essa lei é benéfica a todos. Vocês podem dizer: "E o direito dos fumantes?" Ora, e o direito dos não-fumantes? Os fumantes defendem o direito de fumar onde bem entenderem e depois vêm exigir do poder público remédios e tratamentos, além de quererem processar a indústria do tabaco por uma decisão que eles mesmos tomaram, pois todos sabem que cigarro vicia. Parabéns ao governo paulista por mais essa atitude! AGU, gaste energia e dinheiro onde realmente é preciso! MIRTES Y. WATANABE São Paulo

, O Estadao de S.Paulo

24 Agosto 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.