TV Gazeta e 'Estado' fazem debate com presidenciáveis

Representantes de Serra, Marina e Plínio de Arruda assinaram compromisso para evento dia 8 de setembro, às 23 horas; Dilma não enviou assessores

Luís Fernando Bovo, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2010 | 00h00

Representantes das campanhas de José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) assinaram compromisso oficial com a TV Gazeta e o Estado para o debate entre os candidatos à Presidência no dia 8 de setembro, a partir das 23 horas.

Dilma Rousseff (PT) não enviou assessores para o encontro de ontem. Se ela não for, a bancada com seu nome ficará vazia, segundo normas definidas pelos demais partidos. A participação de Dilma, no entanto, não está descartada. Caso ela compareça, terá de aceitar as regras já assinadas.

O debate será transmitido ao vivo pela TV Gazeta, pelas rádios Gazeta e Eldorado e, na internet, pelo portal da Gazeta e pelo estadão.com.br. Mediado pela apresentadora Maria Lydia Flândoli, terá a participação de Paulo Markun (comentarista da TV Gazeta), Silvia Corrêa (chefe de redação da emissora), além de dois jornalistas do Estado - Celso Ming, colunista de Economia, e João Bosco Rabello, diretor da sucursal de Brasília e colunista de Política.

Os jornalistas farão perguntas aos candidatos no 1.º e no 3.º blocos. No 2.º e no 4.º, o candidato responderá questões formuladas por outro candidato. Haverá sorteio para definir quem pergunta a quem. Nesses blocos, se o sorteado para responder não estiver presente, o sorteado para formular a questão poderá falar durante 1 minuto e meio sobre o assunto que lhe interessar.

Disputa estadual. A TV Gazeta e o Estado também já confirmaram o debate entre candidatos ao governo de São Paulo, no dia 24 de agosto, que será transmitido a partir das 22h.}

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.