Última vítima do avião da FAB é enterrada no Rio

Suboficial Marcelo dos Santos Dias foi sepultado no cemitério Jardim Saudade

estadao.com.br,

02 Novembro 2009 | 18h48

Familiares, colegas e militares acompanharam o cortejo. Foto: Marcos de Paula/Agência Estado 

 

RIO - O corpo da última vítima do acidente com o turboélice C98 Caravan da FAB (Força Aérea Brasileira), o suboficial Marcelo dos Santos Dias, foi enterrado na tarde desta segunda-feira, 2, no cemitério Jardim Saudade, em Mesquita, na Baixada Fluminense.

 

Cerca de 100 pessoas acompanharam o sepultamento, entre militares, colegas e familiares. Em pronunciamento, a irmã de Dias, Rosilene Cristina dos Santos Dias Borges, emocionou os presentes falando do suboficial. "Tenho certeza de que ele salvou dez vidas - nove adultos e um bebê na barriga - com muito amor. Ele amava o que fazia e morreu fazendo o que mais gostava", disse ela, acrescentando que a FAB vem dando todo o apoio que a família necessita.

 

O avião Cessna C-98 Caravan desapareceu na manhã da última quinta-feira, quando fazia o trajeto entre as cidades de Cruzeiro do Sul (AC) e Tabatinga (AM). O monomotor fez um pouso forçado no rio Ituí, no Amazonas, e foi encontrado por índios na sexta-feira dez milhas fora de sua rota. Onze pessoas estavam a bordo. Nove foram resgatadas com vida e já voltaram para casa.

 

(Com Fabiana Cimieri, de O Estado de S. Paulo)

Mais conteúdo sobre:
acidente avião FAB AM enterro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.