Último dia do carnaval baiano começa violento

Um grave acidente e um assassinato que causaram duas mortes e ferimentos em outras 17 pessoas marcaram o início do último dia de carnaval na capital baiana. O acidente envolveu um ônibus da Viação Ondina e outro do Expresso Vitória, ocorrido por volta das 6 horas da manhã desta terça-feira na via exclusiva situada na Avenida Vasco da Gama, próximo ao centro de Salvador. Um dos veículos, o que fazia a linha Fazenda Grande III/Lapa do Expresso Vitória, transportava foliões e trabalhadores que voltavam para casa depois de mais uma madrugada de carnaval. Aparentemente, o acidente foi provocado pelo ônibus da Viação Ondina, cujo motorista teria cochilado. Isso fez com que ele saísse de sua pista e atingisse de frente o outro veículo. O impacto frontal matou a cobradora Cleane Pereira Caldas, de 28 anos, que bateu a cabeça violentamente nas ferragens do ônibus da Viação Ondina, onde trabalhava havia apenas um mês. A soldado da Polícia Militar Geisiane Gomes, que voltava para casa após trabalhar no carnaval confirmou que o acidente foi provocado pelo motorista da Viação Ondina que trafegava em alta velocidade. "O motorista do nosso ônibus buzinou para alertar o colega, mas não conseguiu evitar a batida", disse. Dos 17 feridos, quatro permanecem internados no Hospital Geral do Estado, entre os quais o motorista do Expresso Vitória Geraldo Cachoeira e nove no Hospital Ernesto Simões Filho. O delegado Newton Ferreira, que esteve no local do acidente, não encontrou marcas de pneus na pista, indicando que os veículos se chocaram na velocidade que trafegavam, pois não houve tempo para frenagem. O segundo caso violento da manhã foi o assassinato do auxiliar de marceneiro Ricardo Sanches Santos, de 23 anos, ocorrido por volta das 6 e meia da manhã, quando os trios elétricos haviam acabado de se apresentar. Ele se desentendeu com o estudante Paulo Giovane Reis, de 18 anos, na Rua Airosa Galvão, próxima do circuito da orla marítima. Na briga, Ricardo Sanches recebeu várias facadas e morreu no local. A polícia prendeu o acusado logo depois. É o terceiro assassinato que ocorre no carnaval de Salvador este ano.

Agencia Estado,

28 Fevereiro 2006 | 12h08

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.