Um bilhete pode levar a menino que fugiu para ser guerrilheiro

Os pais do estudante Alexandre de Donato, de 14 anos, que fugiu de casa possivelmente para se juntar às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, as Farcs, encontraram hoje um bilhete escrito pelo menino que continha indicações sobre como chegar à zona da guerrilha. Alexandre está desaparecido desde sábado e amigos contaram à família que ele queria tornar-se guerrilheiro. Até o fim da tarde, o estudante não havia entrado em contato com os pais. A Polícia Federal informou que não entrará no caso enquanto não ficar comprovado que Alexandre deixou o País. As indicações sobre o caminho para a guerrilha estavam escondidas numa gaveta do armário, entre as roupas de Alexandre.?San Pablo se localiza um pouco mais abaixo da cidade de Cucuta, a 150 quilômetros, e a 300 quilômetros de Bogotá, verticalmente no sentido de baixo. A zona de guerrilha fica abaixo de Cucuta e acima de Bogotá?, diz o texto escrito com a letra de Alexandre.A família não sabe se as indicações foram repassadas por alguém ou se conseguiu as informações em algum site da internet. ?Torço para que ele esteja sozinho. Não estou sendo racional, é só uma esperança. Mas se ele estiver sob coordenação dealguém, já chegou lá. Teve quatro dias para isso?, disse o padrasto, Murilo Souza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.