Um cobrador morto e outro baleado em 24h

O cobrador de ônibus Luiz Antonio Dornelles, funcionário da Viação Paratodos, escapou da morte no início desta madrugada durante um assalto em Cidade Ademar, zona Sul da capital paulista. Quatro bandidos, um destes armados, entraram em um coletivo da linha 5757 (Jardim Miriam - MetrôConceição), na Avenida Cupecê, junto à Rua Rodrigues Montemor. O quarteto anunciou o assalto; e insatisfeito com o valor quehavia na catraca, o bandido armado atirou várias vezes dentro do ônibus antes de descer.Havia 5 passageiros dentro do coletivo, segundo a empresa. Dois tiros atingiram Luiz, um em uma daspernas e outro nas nádegas. O rapaz foi encaminhado ao Pronto-socorro Central de Diadema, no Grande ABC e; posteriomente, transferido para o Hospital Mário Covas, em Santo André, cidade vizinha.Os bandidos continuam foragidos. O valor levado da catraca ainda não foi fornecido pela empresa, cujo inspetor de tráfego registradou boletim deocorrência no 43º Distrito Policial, de Cidade Ademar.Cobrador morto no sábado será enterrado hojeSerá enterrado às 9h desta manhã, no Cemitério do Curuçá, em Santo André, onde também ocorreu o velório, o corpo do cobrador Custódio de Souza, de 55 anos. Custório era funcionário da empresa de ônibus Viação Cidade Dutra e foi morto, no final da noite de sábado (17), durante um assalto na Estrada Canal de Cocaia, no Grajaú, zona sul de São Paulo.Segundo a Polícia Civil, três assaltantes invadiram o ônibus da linha 5630 (Jardim Eliane-Metrô Brás), roubaram R$ 82,15 e, antes de fugir, balearam o cobrador.Em 2003, 14.892 assaltos a ônibusSegundo dados da Secretaria Municipal deTransportes, em 2003 foram registrados 14.892 assaltos a ônibus na cidade de São Paulo. A zona Sul da capital paulista foi a que registrou o maior número deles: 5.014, ocorridos em bairros como Campo Belo, Campo Grande, Cidade Dutra, Jabaquara, Marsilac, Parelheiros, Pedreira, Socorro; além de Grajaú e Cidade Dutra,bairros onde respectivamente ocorreram os dois últimos casos.A zona Leste da capital, ficou em segundo lugar em número de assaltos. Foram registrados 4.043 roubos somente nos bairros da Penha, Cangaíba, Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa, Vila Jacuí,Itaquera, São Miguel, Jardim Helena, Vila Curuçá, Lajeado, e Itaim Paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.