Um dia no backstage com Gisele Bündchen

O que é mais exclusivo do que um backstage do primeiro desfile de Gisele Bündchen após três anos fora da SPFW? O backstage do backstage exclusivo para a diva. À espera da primeira da fila estavam poucos privilegiados: dez fotógrafos da marca, produtores, as demais modelos, o organizador da SPFW, Paulo Borges, e a reportagem do Estado. "Quem é você? Pode ficar, mas nenhuma pergunta. Gisele só fala hoje com a GNT", disse um produtor.Vinte minutos depois, Gisele contou ao GNT o quão feliz estava por voltar a São Paulo. Às 21h45, ela entra de calça branca e top vermelho e branco. Momentos antes, entre uma brincadeira e outra com as "amigas tops", um círculo energético. "É o primeiro desfile que faço para a Colcci. Eu amo todos vocês. Força. Vamos arrasar", gritou o stylist Giovanni Frasson. Gisele puxou o coro e agradeceu: "Vamos lá! Agora é a hora!". Antes, na entrevista coletiva, Gisele chegou de jeans, camiseta, blazer, sapato dourado. Sorriu e esperou pelas perguntas nos 20 minutos dados aos 200 jornalistas da SPFW para questionar a maior modelo brasileira da atualidade. Alguém quer sua opinião sobre as gordurinhas da modelo tcheca Karolina Kurkova. "Não julgo ninguém."Cabelo preso em um meio rabo, meio displicente, Gisele cumprimenta cada jornalista que tem a sorte de ser escolhido para indagá-la. Um deles diz que ela é linda, milionária, o que mais pode querer? Gisele responde que não tem "todos esses atributos". "A vida é maravilhosa."

Flávia Guerra e Renata Cafardo, SÃO PAULO, O Estadao de S.Paulo

23 de junho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.