Um giro pelas campanhas eleitorais

MINAS GERAIS

, O Estado de S.Paulo

01 de junho de 2010 | 00h00

PSDB prefere enfrentar o PT a disputar com Hélio Costa

Em público, o ex-governador Aécio Neves diz que não comenta o impasse entre o PT e o PMDB no Estado. Em particular, os tucanos torcem para que o PT insista na decisão de lançar Fernando Pimentel ao governo, implodindo a candidatura do ex-ministro peemedebista Hélio Costa (foto). No PSDB, que tem o governador Antonio Anastasia em desvantagem nas pesquisas, a tese é de que o PT tem força apenas na capital e na região metropolitana - e seria um adversário mais fácil de enfrentar do que Costa. Além disso, os tucanos contam com a rebeldia do PMDB mineiro, se o PT não voltar atrás.

Os peemedebistas pró-Dilma dizem que o PT está "fazendo o discurso do desembarque" e vai apoiar Costa. Mas até entre petistas não-mineiros - da turma que acha que o PMDB já levou vantagem demais - há entusiasmo com a candidatura de Pimentel.

RIO DE JANEIRO

Uma iniciativa com vários padrinhos

A experiência das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) nas favelas ultrapassou os limites da campanha fluminense. A iniciativa tem sido citada pelo pré-candidato do PT ao governo gaúcho, Tarso Genro. Ex-ministro da Justiça, Tarso destaca a parceria com o Estado no combate ao crime, sob sua gestão. Escreveu até um artigo, intitulado Segurança pública: a esperança que vem do Rio. Dilma Rousseff também cita as UPPs com frequência.

AMAZONAS

PPS tenta abrir caminho para tucano

Enquanto a petista Dilma Rousseff tem palanque duplo, com os pré-candidatos Alfredo Nascimento (PR) e Omar Aziz (PMN), o PPS articula candidatura própria ao governo, para receber o tucano José Serra. O nome escolhido é do vereador Hissa Abrahão, que completa 30 anos em agosto. Aliado nacional do PSDB, o DEM no Estado apoia Omar Aziz, atual governador. O prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PTB), também aliou-se a Aziz. Amazonino estava com Nascimento, mas voltou atrás quando o ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB) foi confirmado candidato a vice.

ALAGOAS

Collor denunciado por propaganda antecipada

Pré-candidato a governador, Fernando Collor (PTB) foi denunciado ontem à Justiça Eleitoral, acusado de propaganda antecipada e de abuso do poder econômico, pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral

BRASIL

Curiosidade sobre o "novo Serra"

Pergunta de um marchand paulista, que acompanha a política a distância, a um amigo tucano, depois de observar que o José Serra pré-candidato é bem menos tenso que o governador: "Ele está fazendo análise?"

NOTURNO

"Meu humor vai melhorando sempre ao longo do dia. O ponto alto é à noite. É uma questão de fuso horário. Desde que nasci sou assim."

JOSÉ SERRA

PRÉ-CANDIDATO DO

PSDB À PRESIDÊNCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.