Um milhão de carros deve sair de São Paulo no feriado

O fim de semana com previsão de sol, principalmente no litoral norte de São Paulo, deve aumentar o movimento nas estradas paulistas já a partir da manhã desta sexta-feira. Isso ocorre também porque as repartições públicas estaduais e federais não funcionam nesta sexta-feira, permitindo que muitos antecipem o feriado de Finados.As concessionárias e as polícias rodoviárias se prepararam para o maior fluxo de carros. Nas Rodovias Tamoios e Osvaldo Cruz, a Operação Finados começou nesta quinta-feira. A Tamoios deve receber 57 mil veículos, e a Osvaldo Cruz, 21 mil, segundo a Polícia Rodoviária Federal.Na primeira, o acostamento estará liberado para a descida entre os km 55 e 83 até as 18 horas de sábado. O movimento também promete na direção do litoral sul e da Baixada Santista.Técnicos da Ecovias acreditam que de 180 mil a 265 mil veículos devem usar o Sistema Anchieta-Imigrantes para chegar às praias. Por isso, a concessionária recomenda que os motoristas evitem viajar nos horários de maior fluxo: nesta sexta, das 15 horas à meia-noite, e neste sábado, das 8 às 12 horas. No domingo, deve ser evitado o horário das 14 às 24 horas.Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), um milhão de carros vai deixar a capital. Nesta quinta, às 17h30, ocorreu um engavetamento no km 39 da Anchieta. O acidente, com dez veículos, só não causou mais transtornos porque ocorreu no sentido capital. Três pessoas ficaram feridas. CalorO tempo começa a melhorar, a partir do interior, onde o sol aparece e eleva a máxima para 30 graus no noroeste paulista. No leste, entre a Grande São Paulo e o litoral, os ventos úmidos do mar mantêm o céu mais fechado, com temperaturas amenas, entre 16 e 20 graus na capital, de acordo com a empresa InfoTempo.No fim de semana, o meteorologista Carlos Repelli garante que será possível ir à praia. O sol aparece e as temperaturas entram em elevação, ficando entre 20 e 29 graus no litoral norte. Na capital, mínima de 14 e máxima de 28 graus, com céu claro.FolgaAs repartições não funcionam nesta sexta-feira porque foi decretado ponto facultativo pelas comemorações do Dia do Funcionário Público, transferidas da última segunda-feira.Os postos do Poupatempo não funcionam nem nesta sexta-feira nem sábado. Nos hospitais estaduais e federais, somente os prontos-socorros vão atender. Postos de saúde ficarão fechados, e, nas escolas estaduais, as aulas foram suspensas. As repartições públicas municipais funcionam normalmente.

Agencia Estado,

31 de outubro de 2002 | 20h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.