Um milhão de turistas no litoral norte de SP

Em Ilhabela e Ubatuba, mais de 90% dos leitos estão ocupados

Simone Menocchi, SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, O Estadao de S.Paulo

29 de dezembro de 2007 | 00h00

Uma verdadeira invasão de turistas. Haverá 1 milhão de visitantes neste réveillon nas quatro principais cidades do litoral norte paulista. Ilhabela, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba já estão lotadas. O sol forte da semana contribuiu para aumentar a procura pelas praias. Ontem a temperatura chegou a 35 graus e, segundo o Centro de Previsão do Tempo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o tempo vai continuar bom, com sol e calor em todo litoral norte, com chuva somente no fim do dia.Em Ubatuba, a expectativa é de receber 330 mil turistas. "No réveillon passado foram 270 mil e já notamos um aumento substancial no volume de turistas", afirma o secretário municipal de Turismo, Luiz Felipe Azevedo. A crise nos aeroportos e a divulgação das 93 praias de Ubatuba em feiras de turismo contribuíram, na opinião de Azevedo, para esse aumento. Em Ilhabela, serão 150 mil pessoas. Já Caraguatatuba e São Sebastião vão receber juntas cerca de 550 mil visitantes. Para dar segurança aos visitantes, as Polícias Civil e Militar iniciaram a Operação Verão levando para as praias paulistas 2.780 policiais - 900 deles estarão no litoral norte. "A polícia conta com a ajuda do turista, que não pode descuidar nem um minuto", afirma um dos comandantes da PM no litoral norte, capitão Paulo Ribeiro. Trezentos homens se revezam nos plantões nos distritos policiais. Foram montadas delegacias provisórias em locais de grande concentração, como na Praça do Cruzeiro, em Ubatuba, no Pavilhão de Eventos, em Caraguatatuba, e na praia de Maresias, em São Sebastião. A operação termina depois do carnaval, em 6 de fevereiro. A grande procura pelo litoral norte está refletida nos 36 mil leitos dos hotéis, pousadas e casas de veraneio. Em Ilhabela, a rede hoteleira está com 90% de ocupação. Em Ubatuba, já estão reservados 96% dos leitos. FOGOSNas praias mais movimentadas, a queima de fogos deve durar cerca de 15 minutos. A prefeitura de Ubatuba investiu cerca de R$ 60 mil em pirotecnia.Nos próximos dias, pelo menos 500 toneladas de lixo serão recolhidas nas quatro cidades, três vezes mais do que o normal. Para evitar a falta d?água, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) investiu R$ 10 milhões em novos equipamentos e melhoria da rede de distribuição. "É difícil faltar água em Caraguatatuba, apesar do volume de turistas. Mas é bom que as pessoas usem com consciência", disse o secretário de Turismo de Caraguatatuba, Ricardo Ribeiro. Outro problema a ser enfrentado pelos turistas é a fila da balsa. Segundo a Dersa, responsável pela travessia, cinco balsas levam os cerca de 28 mil carros que circulam entre São Sebastião e Ilhabela. Para ajudar os turistas a enfrentar o calor, 11 vaporizadores foram instalados em Caraguatatuba, patrocinados por estabelecimentos comerciais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.