Um morto e 15 feridos. Fim da rebelião de presos no Rio

Um preso morreu, dois agentes penitenciários e 13 detentos ficaram feridos durante a rebelião que teve início neste sábado por volta das 18 horas e terminou na manhã de hoje no presídio Hélio Gomes, no Rio de Janeiro. O motim chegou ao fim com uma ação ousada da Polícia Militar. Os presos levaram um dos cinco reféns para o telhado da casa de detenção nesta manhã. Ele foi espancado e a PM reagiu.Em dois helicópteros, os policiais fizeram vôos rasantes sobre a penitenciária. Um deles pousou e o refém foi resgatado e levado ao hos pital da PM, que fica em frente ao conjunto Frei Caneca. Depois de examinar os presos, a polícia libertou os outros reféns. Segundo a TV GloboNews, a situação era tensa do lado de fora entre os parentes dos presos que buscavam informações sobreos familiares. Durante a rebelião, um preso morreu, dois agentes e treze detentos ficaram feridos, cinco deles em estado grave.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.