Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Um morto e 2 feridos em assalto a carros-fortes

Uma mulher morreu e dois homens ficaram feridos em assalto a dois carros-fortes, na manhã desta sexta-feira, na rodovia RJ-155, estrada que liga os municípios de Barra Mansa e Angra dos Reis. O crime ocorreu na altura de Rio Claro, no Sul Fluminense.Mesmo com a estrada interditada pela polícia, os ladrões fugiram com R$ 1 milhão. Aproximadamente 20 homens, armados com fuzis e granadas, bloquearam a estrada com uma carreta e um caminhão. Mais de cem tiros foram disparados contra um dos carros-fortes.O outro conseguiu escapar ao cerco dos bandidos, apesar de os pneus terem sido furados a bala. A polícia suspeita que os ladrões sejam do Rio de Janeiro. No tiroteio entre os criminosos e seguranças da empresa Protege, que durou dez minutos, a professora Eli Maciel Torres, de 68 anos, ex-secretária da Educação de Rio Claro, foi atingida por um tiro de fuzil no pescoço.Ela estava no carro guiado pelo aposentado Jandir Luiz Monteiro e morreu quando era levada para o hospital. A morte da professora provocou a suspensão das aulas na Escola Estadual Presidente Benes, onde ela trabalhava.Feridos, os seguranças Gilson José Ferreira, de 43 anos, e José Batista Moreira, de 58, foram socorridos na Santa Casa de Barra Mansa e liberados em seguida.Durante o assalto, os criminosos chegaram a usar uma granada, que não explodiu. O Esquadrão AntiBombas da Polícia Civil foi acionado para detonar o explosivo. A carreta e o caminhão usados no assalto foram roubados na noite desta quinta-feira em Volta Redonda.Os caminhoneiros que dirigiam os veículos ficaram em poder dos assaltantes durante algumas horas e depois foram soltos. Eles prestaram depoimento na 168ª Delegacia Policial (Rio Claro). A Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) também investiga o caso.Segundo testemunhas, duas picapes, um Golf e um Vectra teriam sido usados pelos ladrões na fuga. Dois dos veículos foram encontrados na Rodovia Presidente Dutra. A rodovia ficou interditada por várias horas, e a circulação dos ônibus que ligam Angra a Barra Mansa, suspensa durante parte do dia.Assalto em Santa TeresaEm Santa Teresa, no Centro do Rio, o engenheiro Jorge Frias, de 60 anos, teve sua casa assaltada na noite desta quinta-feira. Ele assistia à televisão, por volta das 22 horas, quando sua residência foi invadida pela janela por quatro homens armados, entre eles um rapaz de 16 anos, que o dominaram.O engenheiro ficou amarrado e amordaçado por três horas, tempo que durou o assalto. O menor foi preso por uma patrulha da Polícia Militar. Os outros três ladrões fugiram com um videocassete, um aparelho de DVD, uma quantia não calculada em dinheiro, relógios e jóias.

Agencia Estado,

01 de novembro de 2002 | 18h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.