Um morto e 3 baleados durante churrasco

A polícia suspeita que a vítima, envolvida em roubos a mão armada, também estivesse ligada ao tráfico de drogas

estadao.com.br,

17 de fevereiro de 2010 | 05h00

Uma pessoa foi morta e outras três, entre elas duas crianças, ficaram feridas, na tarde desta terça-feira, 16, durante tiroteio ocorrido durante churrasco em um clube de campo no município de Santa Luzia (MG), região metropolitana de Belo Horizonte.

 

Os disparos foram disparados dentro da associação recreativa de uma empresa metalúrgica, localizada no bairro de Frimisa. Os tiros teriam sido dados por dois homens que chegaram até o clube em um Corsa cinza.

 

Odélio Sobrinho Gomes, de 31 anos, foi atingido com vários tiros e ainda conseguiu correr até um matagal, mas acabou morreendo no local. O filho de Odélio, um garoto de 7 anos, também foi ferido na cabeça e está internado em estado grave. Uma outra criança de 2 anos e um rapaz de 28 anos foram baleados sem gravidade.

 

Ainda não há pistas sobre a dupla, que fugiu por uma estrada de terra. A polícia suspeita que o crime esteja ligado ao tráfico de drogas, pois Odélio já esteve envolvido em seis casos de roubo a mão armada e teria discutido no começo da tarde com dois estranhos dentro do clube.

Mais conteúdo sobre:
tirosmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.