Uma mentirinha de nada

Tutty Vasques escreve todos os dias no portal Estadao.com.br, de terça a sábado neste caderno e aos domingos no caderno Aliás

Tutty Vasques, O Estadao de S.Paulo

25 de junho de 2008 | 00h00

Dizer que todo brasileiro anda insatisfeito é exagero. A Gisele Bündchen, por exemplo, segue radiante daquele jeito que a gente viu na passarela. A torcida do Fluminense não fica atrás: curte momentos de grande satisfação com a vida de finalista na Libertadores. Outro que não pode reclamar é o Paulo Coelho. Ah, e tem agora também o Felipe Massa, né?Posso até estar esquecendo alguém, mas, para a grande maioria, a insatisfação ainda é a tônica da falta de assunto. Queixa-se de tudo ultimamente: do governo e da oposição, da imprensa e da Seleção, dos engarrafamentos, do ensino público, do desmatamento, da violência, da inflação, da sogra, do Exército... O brasileiro, em geral, só se pronuncia satisfeito quando perguntado sobre sua vida sexual: 80% dos entrevistados para uma pesquisa mundial acabam de elevar o Brasil à categoria de país mais feliz do mundo na cama. Nessas horas, a auto-estima está acima da verdade. É, na interpretação de Tim Maia, aquele papo de "não fumo, não cheiro e não bebo, mas às vezes minto um pouquinho". GATO ESCALDADO"Tem certeza de que é menina?"Ronaldo Fenômeno, ao saber o sexo do bebê que sua namorada está esperandoTRAUMAO cerimonial do Arraial do Torto está recomendando aos caipiras convidados de Lula que não usem o tratamento "compadre" na saudação ao presidente. E não se fala mais nisso, ok?!Cabeça feitaNinguém no Carnegie Hall teve coragem de dizer a João Gilberto por que ele sentiu aquele "ventinho na cabeça" durante o show de domingo, em Nova York. Mas todo mundo na platéia percebeu que ele está visivelmente mais careca. No caminho certoConfirmada sua candidatura, Geraldo Alckmin fez as malas para a Colômbia. Quer que São Paulo tome a frente do Rio no sonho de virar uma grande Bogotá.Eu, hein!Como dizem os gays, os heterossexuais são muito estranhos. Repara só no namoro de Claudia Jimenez e Rodrigo Phavanello. Parece coisa de fotonovela! Pode ter sido um fã O suicídio de um policial israelense na despedida de Carla Bruni de Tel-Aviv não quer dizer, necessariamente, que uma coisa tenha alguma coisa a ver com a outra. Mas é uma possibilidade. Reserva de mercadoAntes mesmo do primeiro leilão de gado ilegal apreendido na Amazônia, uma versão pirata do chamado "boi pirata" deve substituir a carne de gato no churrasquinho de porta de estádio já na próxima rodada do Brasileirão. Milagre do crescimentoO Brasil já é o terceiro país do mundo com maior crescimento de milionários. Isso quer dizer o seguinte: se continuar nessa batida, logo, logo Eike Batista não vai mais precisar usar salto carrapeta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.