Uma pessoa morre durante operação policial na Mineira

Apesar de 380 homens terem subido o morro, apenas duas pessoas foram presas e cinco motos apreendidas

da Redação, estadao.com.br

22 de julho de 2008 | 14h38

Entre os cerca de 150 mandados de prisão que a polícia pretendia cumprir nesta terça-feira, durante uma operação no Morro da Mineira, no Complexo São Carlos, estava a prisão dos traficantes acusados de assassinar três jovens do Morro da Providência, entregues por militares do Exército aos traficantes locais. A polícia confirmou que um homem foi baleado durante a operação e morreu no Hospital Souza Aguiar, no centro do Rio, e que outras duas pessoas foram detidas e cinco motos apreendidas. Cerca de 380 policiais civis de várias delegacias especializadas participaram da operação. Fizeram parte da operação agentes da 6ª DP (Cidade Nova), Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e Delegacia de Combate às Drogas (Dcod), além de um blindado e um helicóptero. Na sexta-feira, um dos suspeitos de envolvimento na morte de três jovens no Morro da Providência foi preso durante uma operação realizada por agentes da 4ª e da 6ª Delegacia de Polícia. Segundo a Polícia Civil, o suspeito identificado apenas como Edson, também conhecido por Chaperó, foi detido em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
operação policialMorro da Mineira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.