Universitárias são acusadas de seqüestrar cachorro em Garça

As moças agora juram que foi brincadeira. Mas policiais acompanharam as negociações em que elas se envolveram e as flagraram tentando extorquir dinheiro para devolver um cachorro à sua proprietária. O cachorro foi recuperado.As seis moças são estudantes universitárias de Garça e seqüestraram um cachorro da raça yorkshire terrier, avaliado em R$ 1 mil. Segundo informações do site da TV Tem, ele pertence a uma também estudante, de 21 anos que denunciou a história à polícia. De acordo com as investigações, o cão foi furtado por duas integrantes do grupo no último domingo e as outras universitárias tiveram a idéia de pedir simular um seqüestro e exigir dinheiro para a devolução. Durante a semana foram feitas várias ligações telefônicas para a casa da vítima. Diziam que e estavam com o cachorro e perguntavam quanto a estudante pagaria para tê-lo de volta. A devolução do animal e o recebimento do dinheiro foi combinada para ontem à tarde, numa lanchonete da cidade. O inquérito policial foi instaurado para que o caso seja apurado. As informações são do jornal Comarca de Garça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.