Universitário rouba farmácias na BA para 'liberar adrenalina'

Junto com três outros comparsas, estudante participou de roubo como motorista do grupo

Solange Spigliatti, Central de Notícias

28 de abril de 2011 | 12h13

SÃO PAULO - O universitário Pedro Chagas Cordeiro, e outros três comparsas, foram presos nesta quarta-feira, 27, acusados de assaltarem duas farmácias em Salvador, na Bahia, na noite de terça-feira, 26. Durante depoimento, Cordeiro disse que praticou os roubos pelo simples desejo de "liberar adrenalina".

 

Embora nunca tivesse sido preso, segundo a polícia, Pedro declarou ter participado dos dois assaltos como "piloto". Seus comparsas, José Ricardo Vieira Matos, de 22 anos, Eric Oliveira dos Santos, 21 anos, e Wilter Chagas Santos, 24, têm passagens pela polícia por prática de roubo e tráfico de drogas.

 

Os três foram presos nas imediações do Parque da Cidade, quando fugiam pela Avenida Antônio Carlos Magalhães, em um veículo Prisma, pertencente a Pedro. Os três assaltaram a filial de uma rede de farmácias na Avenida Paulo VI, na Pituba, e outra drogaria na Avenida Sabino Silva, em Ondina.

 

Dois revólveres de calibre 38, municiados, e uma pistola 380, com nove cartuchos, apreendidos com os assaltantes serão periciados. Da farmácia localizada em Pituba o grupo roubou dinheiro dos caixas, diversos produtos, celulares e documentos dos clientes. Eles também levaram o dinheiro dos caixas da farmácia assaltada em Ondina.

Mais conteúdo sobre:
assaltobahiauniversitárioroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.