Urubu bate em cabo e deixa centro de Sorocaba sem energia

O choque de um urubu com um cabo da rede elétrica primária deixou o centro de Sorocaba sem energia durante mais de duas horas na manhã de hoje. O acidente com a ave, que morreu na hora, tirou de operação um circuito inteiro da rede de distribuição de energia. A interrupção ocorreu às 9h04 e o fornecimento só foi restabelecido às 11h14.Dezenas de pessoas ficaram presas em elevadores nos prédios comerciais e residenciais do centro. Os sistemas de sinalização do trânsito deixaram de funcionar. Policiais militares e guardas municipais tiveram que assumir a operação dos cruzamentos para evitar acidentes.A falta de energia atingiu grande parte do comércio central. Os bancos não chegaram a ser afetados pela falta de energia porque as agências estavam fechadas em razão de um protesto dos bancários. As casas lotéricas ficaram fora de operação.Várias lojas fecharam as portas durante o blecaute. Segundo a concessionária Bandeirante, a avaria provocada pelo urubu causou a queda de vários isoladores que tiveram que ser trocados. A operação demorou por causa de manobras que tiveram de ser executadas para evitar que fossem afetadas outras áreas da cidade.Em várias residências da Rua Brigadeiro Tobias, onde ocorreu a avaria, a oscilação na tensão elétrica causou a queima de geladeiras, televisores e computadores. O sistema telefônico também foi afetado.Não é a primeira vez que as aves causam problemas desse tipo na cidade. O excesso de fezes de pombos sobre as torres e circuitos da subestação central de Sorocaba chegou a causar várias interrupções. A empresa teve que instalar bonecos infláveis para funcionarem como espantalhos, afugentando os pombos.

Agencia Estado,

26 de setembro de 2001 | 15h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.