USP reinaugura república de alunos da Medicina, após reforma de R$ 2 mi

Na sala, sofás grandes e confortáveis, home theater e TV de alta definição de 52 polegadas. Na suíte, computador com conexão de banda larga. A sala de jantar tem duas mesas com cinco lugares cada. Tem até biblioteca. Apartamento de família de classe média alta? Não. É a Casa do Estudante dos alunos de Medicina da USP, reinaugurada ontem.A reforma custou cerca de R$ 2 milhões. Os recursos foram arrecadados com empresários de São Paulo - a maioria pacientes de Miguel Srougi, professor de Urologia da Faculdade de Medicina.A casa tem 26 apartamentos, onde vivem 52 estudantes, que são selecionados pelo critério socioeconômico. Um deles é Danilo Gallo Ferreira, de 25 anos, do 5º ano."Ficou muito legal. Ganhamos coisas que nunca imaginávamos ter numa república de estudantes."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.