Vacinação contra rubéola deve ser prorrogada em SP e Rio

Nova data de término deve ser definida para que a meta de 70 milhões de vacinações seja atingida

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

12 de setembro de 2008 | 11h06

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Rubéola poderá ser prorrogada em São Paulo e no Rio de Janeiro por mais uma semana. O término da vacinação estava previsto para esta sexta-feira, 12. A decisão só deve ser divulgada ao longo do dia. De acordo com o Ministério da Saúde, alguns Estados, que ainda não foram divulgados, já confirmaram a prorrogação por iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde.  A prorrogação é comum em campanhas nacionais de vacinação, pois cada região atua de maneira diferente, e pode ter vários motivos, entre eles o de atingir a meta prevista de 70 milhões de pessoas imunizadas. De acordo com o balanço do Ministério da Saúde, até esta sexta, 79,09% das mulheres e 70,88% dos homens receberam a vacina, alcançando a marca dos 75,02% da população.  Devem ser vacinados homens e mulheres com idade entre 20 e 39 anos de todo o País. Nos Estados do Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte, além de toda população indígena que vive em aldeias, a campanha se estende a indivíduos entre 12 e 19 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.