Vale do Paraíba tem 21 casos de dengue clássica

A região do Vale do Paraíba e Litoral Norte registrou nos vinte primeiros dias de janeiro 21 casos confirmados de dengue , segundo a Sucen.Nenhum caso da dengue hemorrágica foi notificado. O maior foco encontra-se em São Sebastião, no Litoral Norte, e nas cidades do Fundo do Vale, como Aparecida, Potim, Guaratinguetá, Queluz e Bananal.Na Regional de Saúde de São José dos Campos, que abrange 12 municípios, entre eles São Sebastião, foram registrados no ano passado 1.484 suspeitas e 448 confirmados.Destes, 100% no Litoral Norte, sendo 442 em São Sebastião e 6 em Ilhabela. "A maioria dos casos autóctones, ou seja, aqueles contraídos no próprio município", informou o diretor da Vigilância Epdemiológica de São José dos Campos, Antonio Carlos Vanzelli.Por causa do alto número no litoral, as atenções estão voltadas para a conscientização e educação daquela região. Nesta quinta-feira, durante todo o dia, 180 pessoas, entre agentes comunitários do Programa de Saúde da Família e fiscais da Sucen, se reúnem em São Sebastião para discutir maneiras de prevenir a população de futuros focos do mosquito aedes aegypti.Dos atuais 21 casos na região, três foram "importados" do Rio de Janeiro, e os outros adquiridos nas próprias cidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.