Vantagem de Dilma se mantém, diz Datafolha

Candidata do PT tem 49% das intenções de voto, contra 38% de Serra, e se considerados apenas os votos válidos ela tem 56% a 44%

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2010 | 00h00

Na terceira semana de campanha no segundo turno da eleição presidencial, a candidata Dilma Rousseff (PT) manteve a vantagem sobre José Serra (PSDB). Ela tem 49% das intenções de voto, e o tucano, 38%, segundo pesquisa Datafolha divulgada ontem.

Em relação à sondagem anterior, feita no dia 21, Dilma e Serra oscilaram para baixo - ela um ponto e ele dois. O número de indecisos passou de 6% para 8%.

Levando-se em conta apenas os votos válidos, a candidata do PT lidera por 56% a 44% - o mesmo índice revelado na semana passada.

A pesquisa capta os efeitos do último debate entre os presidenciáveis, realizado na noite de anteontem, na TV Record, e da polêmica sobre a agressão que Serra teria sofrido em uma caminhada no Rio de Janeiro.

Tanto o tucano quanto a petista levaram o episódio ao horário eleitoral. Serra acusou o PT de truculência e a campanha de Dilma expôs uma suposta "armação", segundo a qual o candidato teria simulado um ferimento na cabeça.

Geografia do voto. A principal novidade em relação à pesquisa anterior é o fato de que, na Região Sudeste, a mais populosa do País, Dilma saiu da situação de empate técnico e assumiu a ponta, com 44% a 40%.

No Sul, onde lidera, Serra viu sua vantagem cair quatro pontos. Ele tem agora 48% (eram 50%) contra 41% (eram 39%).

No Nordeste, principal reduto da petista, a vantagem dela se manteve em 37 pontos, mas os dois candidatos oscilaram um ponto para baixo (de 65% para 64% e de 28% para 27%).

O Datafolha também mediu a aprovação ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pela terceira semana consecutiva atingiu patamar recorde.  

 

 

Votos válidos

 

Agora, 83% dos entrevistados pelo instituto consideraram o governo ótimo ou bom. Houve oscilação positiva de um ponto em relação ao levantamento da semana anterior. A taxa dos que consideram a administração regular passou de 14% para 13%. O índice dos que veem a gestão como ruim ou péssima se manteve em 3%.

A nota atribuída ao governo, em uma escala de zero a dez, foi de 8,2 - a mesma da pesquisa anterior.

Entre os que pretendem votar em Dilma no próximo domingo, 96% avaliam o governo de Lula como ótimo ou bom. Entre os que declaram voto em Serra, 67% aprovam o governo.

Ibope. Os números do novo levantamento do Datafolha coincidem com os da pesquisa Ibope/Estado/TV Globo da semana passada. Pelo critério de votos válidos, Dilma também foi apontada pelo Ibope com 56% e Serra com 44%.

Nos votos totais, segundo o Ibope, Dilma tinha 51% e Serra com 40%; outros 9% representam votos em branco, nulos e indecisos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.