Variação no número de habitantes apontada pelo IBGE preocupa prefeitos

PIAUÍ

, O Estado de S.Paulo

03 Novembro 2010 | 00h00

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai repetir entrevistas do Censo 2010 em dois municípios do Piauí onde o número de habitantes é maior que o estimado pelo instituto. As cidades de Francisco Macedo e Anísio de Abreu, no sul do Estado, ultrapassaram em 120% a estimativa feita pelo IBGE. Os prefeitos dos dois municípios estão preocupados com a possibilidade de reduzir os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) pela variação do número de habitantes, já que a partilha dos recursos é feita de acordo com a população. "No Piauí, cerca de 70% dos municípios tem cota 0.6 no FPM, a menor. O valor vai até a faixa de 10.188 habitantes. Se o município tiver 10.189 já passa para a faixa seguinte, o que representa uma diferença de 25% a 35% do valor total repassado", diz o supervisor de informações do IBGE no Estado, Pedro Soares. Em Teresina, pelo menos 4 mil domicílios ainda não foi pesquisado.Uma campanha convida a população a informar se já foi entrevistada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.