Vazamento de gás assusta moradores na zona leste de SP

O vazamento de gás da empresa Nitro Química, por volta das 12h30 desta quarta-feira, causou tumulto entre moradores do bairro São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulol, e passageiros que estavam na estação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) naquele bairro. Pelo menos 27 pessoas apresentaram falta de ar e náusea após inalarem o gás. A empresa, localizada na Avenida Doutor José Arthur Nova, 951, no Parque Paulistano, próximo da estação, produz nitrocelulose, que é matéria-prima de tintas e vernizes. O problema ocorreu após a ligação de um equipamento que estava em manutenção desde terça-feira, 19. Com o vento, o cheiro do produto químico se espalhou pelo bairro. Técnicos da Cetesb foram acionados para verificar o local. A assessoria de imprensa da CPTM informou que cinco pessoas foram atendidas por uma equipe da empresa na própria estação. Outras quinze foram levadas ao Hospital Tide Setubal, sendo que quatro já tiveram alta. Das seis pessoas que foram encaminhadas ao Hospital Carlos Chagas, apenas uma criança permanece em observação. No Hospital Ermelino Matarazzo também há um internado. (Colaborou Cinthia Rodrigues)(Matéria atualizada às 15h55)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.