Vazamento de gás clorídrico na Metal Leve intoxica 16

Dezesseis pessoas sofreram intoxicação por volta das 21h deste domingo durante um vazamento de gás clorídrico no interior da metalúrgica Metal Leve, na Avenida 31 de Março, na Vila Paulicéia, em São Bernado do Campo (Grande São Paulo). As vítimas, nenhuma em estado grave, foram levadas para o Hospital Neomater, em Rudge Ramos. Quatorze são funcionários da Metal Leve e dois da empresa vizinha. Segundo o Corpo de Bombeiros, o vazamento ocorreu no sistema de tratamento de rejeitos. As causas ainda estão sendo apuradas. Havia 300 funcionários trabalhando na empresa no momento do acidente. Os metalalúrgicos que entravam no turno da noite para render os colegas foram dispensados. Uma equipe da Companhia Estadual de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) esteve no local, mas não interditou a área.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.