Vazamento de gás interdita casa na zona leste de SP

Um vazamento de gás natural, que começou nesta segunda-feira, 22, na rua Cristais, no Tatuapé, zona leste da cidade, mas só foi identificado na manhã desta quarta pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), causou a interdição de uma casa por causa do forte cheiro. Segundo a Cetesb, o vazamento está localizado na rede pública da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). A empresa ainda não sabe, no entanto, qual o ponto do vazamento do gás e se ele seria da Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) ou formado por exemplo, pelo acúmulo de lixo ou pelo esgoto. Em nota, a Comgás disse nesta manhã que não há rede de fornecimento de gás natural da companhia no local. Ainda de acordo com a Comgás, houve um vazamento de gás de cozinha (GLP) em uma creche em meados deste mês, que já foi controlado. Para a concessionária, o cheiro desse gás pode estar confundindo os moradores. Os bombeiros e técnicos da Cetesb permanecem no local, para fazer a exaustão do gás e monitorar o risco de explosão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.