Vazamento deixa 15 mil sem água em Pinheiros

Um vazamento de água causou, na manhã de ontem, a suspensão temporária do fornecimento para cerca de 15 mil pessoas nas regiões de Pinheiros e do Jardim Paulista, na zona oeste da capital paulista. O problema foi constatado na junção de uma adutora de 500 milímetros de diâmetro da rede de distribuição no cruzamento das Ruas Sumidouro e Costa Carvalho, em Pinheiros. Para efetuar o reparo, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) interrompeu, por volta das 8h30, o abastecimento. O trânsito na região foi desviado e um trecho da Rua Sumidouro foi bloqueado para a realização do serviço de remanejamento e troca da tubulação. Segundo a Sabesp, o reparo inicialmente estava previsto para ser encerrado no fim da noite de ontem, mas complicações fizeram com que essa estimativa fosse alterada para a manhã de hoje, entre 6 e 7 horas. A expectativa é de que as pessoas voltem a receber água normalmente até o fim da manhã ou o início da tarde. No fim de agosto, cerca de 150 mil consumidores ficaram sem água, após o rompimento de uma adutora na altura do número 3.011 da Avenida Giovani Gronchi, no Morumbi. O fornecimento foi comprometido quando uma concessionária de TV a cabo fazia um serviço de cabeamento sob o asfalto. Esclarecimento A Prefeitura informou ontem que as obras realizadas no Córrego Pirajuçara têm sido executadas sob a rubrica orçamentária "Canalização de Córregos", número 5080. O valor realizado até agora é de R$ 47,7 milhões. Ainda devem ser gastos ali R$ 12 milhões neste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.