Veja a repercussão dos protestos na imprensa internacional

Jornais e televisão destacaram a violência, o número de participantes e o trânsito na cidade

Estadão,

14 de junho de 2013 | 08h57

O quarto protesto contra o aumento da tarifa de ônibus e metrô, visto no centro de São Paulo nesta quinta-feira, 13, ganhou a imprensa internacional, que destacou o número de pessoas na rua, a violência e o trânsito da cidade.

 

O embate entre a PM e uma parte dos manifestantes começou quando a Tropa de Choque jogou uma bomba de efeito moral na aglomeração que saía da Praça Roosevelt para a Rua da Consolação. O combinado com a PM era ir até a Praça Roosevelt, onde chegaram pouco depois das 19h. O MPL tentou mudar o trajeto e surgiu o impasse que culminou nos conflitos que seguiriam noite afora.

 

Cerca de 130 pessoas foram detidas e 105 ficaram feridas, de acordo com o Movimento Passe Livre (MPL), que vem organizando a série de passeatas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.