Vendavais derrubam árvores na região de Ribeirão Preto

Vendavais atingiram a região de Ribeirão Preto no final da madrugada deste sábado, 02, com ventos de até 80 km/h em Barretos. Em Ribeirão Preto, as rajadas mais fortes foram de 76 km/h, registrado no Aeroporto Leite Lopes, por volta de 6 horas. Quedas de árvores ocorreram em algumas cidades, além de casas destelhadas em Pitangueiras. A CPFL Energia teve trabalho durante a manhã para restabelecer a eletricidade em pontos isolados de várias cidades. Apesar dos fortes ventos, não houve vítimas.Segundo a empresa Climatempo, a instabilidade do tempo gerou os vendavais. Em Ribeirão Preto, várias árvores caíram e muitas atingiram a rede de energia elétrica.Segundo o gerente regional da CPFL, Ricardo Siufi, responsável pela cobertura de 96 cidades, os maiores problemas foram os objetos lançados (outdoors, árvores e cabos de aço) pelos vendavais na rede. Devido a isso, bairros de algumas cidades ficaram sem energia por um determinado tempo, como em Cravinhos, Pontal, Franca e Ribeirão Preto. "A cidade de Ribeirão Preto foi a mais afetada pelos ventos", disse Siufi.Segundo ele, os ventos começaram por volta de 5h30 e os trabalhos da CPFL começaram logo em seguida, com todo o contingente de funcionários para restabelecer o fornecimento de energia elétrica.Em Pitangueiras, cerca de 20 árvores foram derrubadas pelo vendaval, segundo a Defesa Civil do município, além do destelhamento de duas casas. Apesar disso, não houve desabrigados. Também faltou energia elétrica pela manhã. Em Sertãozinho e em Serrana também ocorreram quedas de árvores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.