Vendaval deixa feridos e corta luz na região de Campinas

Ventos de 300 quilômetros por hora atingiram a região de Campinas nesta sexta-feira, no início da noite. A cidade mais afetada foi Sumaré.O tornado, de cinco minutos, varreu o município, derrubando árvores, postes, destelhando casas e deixando a cidade inteira sem energia elétrica. Às 21h10, havia suspeita de que uma pessoa tinha morrido. Mas a Defesa Civil e o Corpo de bombeiros não conseguiram confirmar por falta de comunicação com os hospitais da região. Uma criança foi levada com ferimentos para o Hospital da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mas estava fora de perigo. A Guarda Municipal de Sumaré informou que várias pessoas ficaram feridas, mas não soube precisar quantas foram atingidas pelo tornado. No meio da noite, a Defesa Civil, a Guarda Municipal e os Bombeiros tentavam localizar desabrigados para encaminhá-los a abrigos municipais. O Hospital Imaculada Conceição teve parte do teto arrancado. O forte vento, acompanhado de chuva, foi provocado pelo encontro de uma frente fria com o calor da região nos últimos dias. Pelo menos cinco cidades - Americana, Sumaré, Paulínia, Campinas e Santa Bárbara D´Oeste - ficaram sem energia elétrica em alguns bairros.Sumaré foi a única que ficou totalmente no escuro. De acordo com a Guarda Municipal da cidade, não há previsão de quando a energia será restabelecida. Também não há expectativa sobre qual o impacto do tornado na cidade e quanto tempo será necessário para proceder a limpeza das ruas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.