Vendaval vira ônibus e mata dois. 21 ficam feridos

Quando o tempo fechou, pouco depois das 14h de hoje, cerca de 50 trabalhadores deixaram o corte de cana. Foram buscar abrigo no ônibus que os transportava diariamente e estava estacionado à margem da estrada vicinal Natal Passarelli, no bairro Água do Pavão. O vento atingiu o ônibus que virou três vezes e parou de rodas para cima. Morreram duas pessoas, quatro ficaram gravemente feridas e 21 receberam ferimentos generalizados.Sidnei Rui Diniz, de 23 anos, e Adão Dário de Souza Pereira, de 32 anos, morreram na hora. Ambos moravam em Itambaracá,no Paraná, de onde se locomoviam todos os dias para trabalhar em Palmital. A maioria das vítimas é da mesma cidade que ficado outro lado do rio Paranapanema que divide os Estados de São Paulo e Paraná. As vítimas foram levadas para a Santa Casa de Palmital onde foi necessário montar um sistema de emergência, inclusive com o retorno de médicos e enfermeiros que já tinham concluído o turno.Não há informação sobre a velocidade do vento que atingiu somente a zona rural, tendo deitado grande parte do canavial,derrubado postes de sustentação dos cabos de energia elétrica e arrancado árvores. Quem viu de longe, comenta que parecia um tornado, daqueles que se vê nos filmes americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.