Vende-se arte

Conforto: compras, livros, filmes e teatro no mesmo prédio. Incômodo: os espaços para exposições de arte recebem qualquer tipo de projetoLazer em shopping já foi sinônimo de cinema. E só. Mas o pacote ?segurança, estacionamento e alimentação? se tornou perfeito para atrair o consumidor de cultura, que ganhou mais opções. Teatros e livrarias estão na cesta básica deste novo público dos centros comerciais, que ficou mais exigente também com as suas velhas salas de cinema. O Guia concedeu o prêmio três sacolinhas a dois shoppings, o Eldorado e o Pátio Higienópolis. Eles têm bons espaços para espetáculos, livrarias megastores e salas de exposição. Com plateia capaz de acomodar 800 espectadores, o Eldorado tem programação teatral de qualidade o ano todo. O shopping tem ainda 7 mil m2 reservados a cursos de teatro, dança de salão, sapateado, flamenco e balé. Empatado com ele está o Pátio Higienópolis, com lojas como a megastore da marca Saraiva. O Teatro Folha, ao lado da praça de alimentação, recebe até 305 pessoas. Em breve, o prédio deve ter mais atrativos. Este mês, os responsáveis pelo empreendimento anunciaram sua expansão para um terreno vizinho. A administração não divulga seus planos, mas haverá novas atrações. Os shoppings vencedores desta edição só precisam ser mais cuidadosos na curadoria de suas exposições. Os lugares que seriam destinados a mostras recebem todo tipo de trabalho. Índia e chocolate se tornaram temas das salas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.