Vendedor é assassinado na Rodovia dos Bandeirantes

O vendedor Marcelo Orsi Dias, de 40 anos, foi morto, a tiros, por dois motoqueiros, quando trafegava com sua moto pela Rodovia dos Bandeirantes, às 20h30 de ontem, na zona Oeste da capital paulista. Já chegando ao acesso à Marginal do Pinheiros, no bairro de Pirituba, em sua moto Yamaha XT, placas CIG 4357, de Jundiaí/SP, acompanhado da namorada, a analista de sistemas Juliana Cruz, 24, o autônomo foi atacado por dois motoqueiros. O casal havia saído da cidade de Jundiaí e seguia em direção ao bairro de Santo Amaro, na zona Sul da capital paulista, onde assistiria ao show da banda Credence Cleawather, na casa de espetáculos Credicard Hall.Quando se aproximava da alça de acesso à Marginal do Pinheiros, o casal de namorados, na altura do km 13 da Bandeirantes, foi surpreendido pela dupla de motoqueiros. Os bandidos ordenaram que o vendedor parasse. Ele reduziu a velocidade, mas um dos bandidos acabou atirando contra o peito de Marcelo. Desgovernada, a moto seguiu ainda alguns metros e depois tombou.Dias morreu na hora e Juliana sofreu escoriações por causa da queda, sendo levada por funcionários da concessionária AutoBan para o pronto socorro de Vila Penteado. Os assaltantes fugiram, e o crime foi registrado pelo delegado Maurício José Furtado Nucci, no 33º Distrito Policial, de Pirituba. Marcelo Orsi Dias era separado, tinha um filho de oito anos e há três anos namorava com a analista de sistema Juliana Cruz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.