Vendedor foge de acidente e morde braço de Guarda Municipal em Matão

Um Guarda Civil Municipal foi agredido após tentar socorrer uma vítima de um acidente entre um carro e uma moto na madrugada desta sexta-feira,8, no município de Matão,na região de Ribeirão Preto. O vendedor Eduardo Aparecido Albino, de 25 anos, bateu seu carro numa moto, mas não prestou socorro ao motociclista, de 26 anos, que ficou caído no chão e com ferimentos leves. O Guarda Civil Municipal Márcio Leonel de Brito viu o incidente e seguiu Albino. Ao abordá-lo, foi surpreendido com uma mordida num dos braços. A Polícia Militar deteve Albino e o levou à delegacia, para o registro de um boletim de ocorrência.O incidente ocorreu por volta de 4 horas da manhã, no centro de Matão. Albino foi liberado pela polícia após o registro do boletim de ocorrência. Mesmo em liberdade, o vendedor, no entanto, vai responder processo por direção perigosa, omissão de socorro, desacato, desobediência e lesão corporal dolosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.