Verde e Branco empolga público no Anhembi

A escola de samba Camisa Verde e Branco encerrou o desfile, o segundo desta noite, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. Para apresentar seu desfile, com o enredo ?Sertanista e Indigenista, sim. Mas por que não? Orlando Villas Bôas?, ela utilizou 56 minutos. Pelo regulamento, cada escola de samba tem 70 minutos para cumprir todo o percurso na passarela do Sambódromo. A Camisa Verde e Branco, que homenageou o sertanista Orlando Villas Bôas, fez um desfile correto tecnicamente e empolgou o público presente no Anhembi. Ao final do desfile, Villas Bôas, bastante emocionado, disse ter ficado surpreso com a decisão da escola de prestar uma homenagem ao seu trabalho. ?Não fiz nada de mais, a não ser viajar por este sertão?, disse ele. Entre os destaques que desfilaram pela Camisa Verde e Branco estão o cantor português Roberto Leal e o grupo Los Angeles.

Agencia Estado,

24 de fevereiro de 2001 | 01h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.