Reprodução
Reprodução

Vereador bêbado que atropelou e matou idosa paga fiança de R$ 7 mil

Justiça estipulou fiança de R$ 7 mil para a soltura do parlamentar

Marília Assunção, especial para o Estado

10 Agosto 2017 | 12h13
Atualizado 10 Agosto 2017 | 15h55

GOIÂNIA - O vereador Luiz Carlos Barcelos (PDT), do município de Mara Rosa (município a 367 quilômetros de Goiânia), que atropelou e matou a ciclista Elza Maria da Luz, de 60 anos, nesta terça-feira, 8, pagou fiança de R$ 7 mil para sair da cadeia. Barcelos, que estava embriagado, fugiu sem prestar socorro.

 Na manhã desta quinta, o vereador aguardava que fosse feito o depósito da fiança ser liberado.  Ele dormiu duas noites na cadeia.

Segundo o advogado, Murilo Eustáquio Cardoso Moreno, o cliente admitiu que estava embriagado e disse que não prestou socorro por medo de represália das testemunhas. "Ele quis preservar sua integridade física com medo também da reação de algum familiar da vítima, já que o acidente ocorreu perto da casa de um irmão dela", disse Moreno. 

Barcelos responderá por omissão de socorro, homicídio culposo e embriaguez ao volante. 

Mais conteúdo sobre:
Luiz Carlos Barcelos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.