Vereador de Araruama é condenado por tentativa de homicídio no RJ

Ele foi condenado por tentar matar um policial militar no município

estadão.com.br,

25 Janeiro 2012 | 18h25

SÃO PAULO - O vereador de Araruama, na Região dos Lagos, Sérgio Roberto Egger de Moura, foi condenado foi condenado nesta terça-feira, 24, a sete anos de prisão pelos crimes de tentativa de homicídio e denunciação caluniosa.

Egger foi condenado por tentar matar um policial militar que atuava na prevenção do transporte ilegal no município. A atividade seria administrada por Egger, que é ex-PM e é acusado de liderar uma milícia local. O crime ocorreu em 2009, em frente à casa da vítima, que reagiu e sobreviveu.

O vereador também foi condenado porque ele e o homem que atirou no PM registraram o fato dias depois do incidente alegando terem sido atacados pela vítima, o que a investigação policial provou não ter ocorrido.

Egger está no Presídio Federal de Porto Velho, em Rondônia.

Mais conteúdo sobre:
vereador Araruama

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.