Vereador de Porto Ferreira tem prisão preventiva decretada

O vereador de Porto Ferreira Umberto Ribaldo (PSDB) teve a prisão preventiva decretada no final da tarde desta quinta-feira depois que duas senhoras, que não foram identificadas, prestaram depoimento no Ministério Público. Ribaldo havia sido intimado a prestar depoimento à polícia na quarta-feira, por ter sido citado em um depoimento do garçom Valter Mafra como mais um envolvido no aliciamento de menores ocorrido na cidade. Ele enviou um atestado médico e não compareceu à polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.