Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vereador e segurança são caçados e mortos a tiros

O vereador do município de Custódia, no sertão pernambucano, Washington Nestor de Góis (PMDB), de 41 anos, e seu segurança Carlos Antonio Nunes da Silva, 35, foram assassinados com vários tiros nesta quinta-feira à tarde no bairro de Boa Viagem, no Recife, depois de serem perseguidos por três homens que ocupavam duas motos.Os dois estavam em um Fiat branco e trafegavam pela Avenida Conselheiro Aguiar. Ao perceberem que estavam sendo seguidos pela moto tentaram escapar. O carro foi atingido por um tiro e eles o abandonaram. Cada um correu para dentro de uma galeria comercial diferente - Shop Show e Viallage Santa Maria - , mas os criminosos osencontraram e mataram.A polícia perseguiu os agressores e houve troca de tiros na altura do Cabanga Iate Clube, no bairro vizinho do Cabanga. Um deles, George Vilar de Soares, 21 anos, foi baleado no abdome e preso e se encontra sob custódia policial no Hospital daRestauração, onde foi submetido a cirurgia.Segundo o capitão PM Jonas Souza, eleconfessou ter recebido R$ 50 mil para matar o vereador e o segurança. Os outros conseguiram fugir.Góis já havia sofrido outros atentados. O último ocorreu no dia 6 de outubro, no primeiro turno da eleição, dentro de uma seção eleitoral.

Agencia Estado,

12 de dezembro de 2002 | 21h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.